“Golpe do chip” faz vítimas em todo o país

  •  

  • Se o seu telefone ficar mudo de repente, o melhor a fazer é ligar o mais rápido possível para sua operadora para descobrir se existe algum problema de sinal. Se constatar que a sua operadora está operando normalmente, neste momento você constatará que está sendo vítima do “golpe do chip”.

     

    E, provavelmente, o pedido para bloqueio da sua linha já foi solicitado pelo golpista.

     

    Como isso ocorre?

     

    O mais novo golpe da praça tem feito vítimas da seguinte maneira: o golpista consegue o número do telefone celular da pessoa, seu RG e CPF e liga para a operadora se fazendo passar pelo cliente solicitando a desativação   do aparelho que teria sido roubado. Depois, o golpista habilita um novo chip com a mesma linha, coloca em outro aparelho e passa a ter acesso às informações da vítima armazenadas no aparelho, inclusive bancárias, ou através de mensagens de e-mails autorizadas pelo cliente e que são enviadas pelos bancos aos seus clientes.

     

    Como proceder?

     

    A pessoa tem de ir até um ponto de atendimento de sua operadora munido de CPF e RG para comprovar ser o real dono da linha e solicitar novo bloqueio imediato de seu número que está sendo  usado por outra pessoa.

     

    Além disso, especialistas em crime digital orientam que o dono da linha solicite o endereço de onde a troca do chip foi realizada. Na sequência, a vítima deve ir até lá e requerer as filmagens de câmeras de segurança, para tentar identificar o autor para comprovar o golpe. E providenciar o registro de queixa do ocorrido para ressarcimento de possíveis danos financeiros do qual possa ter sido vítima devido ao golpe.

     

    Alguns cuidados são importantes

     

    No caso das transferências bancárias feitas pela internet, certamente a vítima está com algum equipamento infectado tendo clicado ou acessado algum conteúdo ou arquivo malicioso [malware].

     

    O ideal é nunca abrir links, mensagens e sites desconhecidos enviados, mesmo que tenha sido de alguém conhecido.

     

    Lembre-se que o contato de sua rede que está lhe enviando algo, também pode ter sido vítima e nem sequer estar ciente disso no momento em que você está recebendo a informação por parte do golpista. Ele poderá estar usando o telefone de seu contato, enquanto ela ainda não descobriu a situação para tomar alguma providência.

     

    Fique atento com o seu próprio aparelho e com as mensagens, links e endereços de sites desconhecidos!

     

    O golpista age durante o intervalo de tempo em que solicita o bloqueio da linha fazendo-se passar pelo dono da mesma e habilita um novo chip, em um novo aparelho, com a mesma linha da vítima.

     

    Fonte: Notícias diversas divulgadas pelas mídia

     

     

     

     

     

     

Atualize seu cadastro

Informações de contato

AAPS - SÃO PAULO

Rua Treze de Maio, 1642 - Bela Vista  (como chegar)
            São Paulo - SP - Cep: 01327-002

        55 11 3372-1000     |        aapsabesp@uol.com.br

 

AAPS - SANTOS E REGIÃO

Rua Dr. Arthur Porchat Assis, 47 (como chegar)
            Boqueirão – Santos SP – Cep: 11045-540

        55 13 3288-1162    |       baixadasantista@aaps.com.br

RECEBA NOSSA NEWSLETTER: